quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

É PRA PENSAR ENTÃO VAMOS LÁ....

A fé não se opõe à razão; ela dá uma nova perspectiva à razão: mais humilde, q vê a realidade a partir d cruz, dos excluídos. A razão não pode demonstrar-se mais racional do que quando deixa de raciocinar sobre coisas que estão acima dela.
Se você crê somente naquilo que gosta no evangelho e rejeita o que não gosta, não é no Evangelho que você crê,mas, sim, em si mesmo, por isso Calvino e Agostinho estão de acordo em nos garantir que devemos estar contentes por não saber o que a Escritura não nos conta. Pois como dizia um certo pensador " É melhor acender uma vela do que ficar amaldiçoando a escuridão"! ''Não sei por quais caminhos Deus me conduz, mas conheço bem meu guia.''

Não tenho problemas com Deus. Mas tenho muitos problemas com aquilo que os homens pensam sobre Deus. pois se me pedissem para pregar por toda eternidade; Diria: Dai-me uma bíblia e não me faltará assuntos. A palavra Basta.

DEPOIS DO NATAL.

DEPOIS DO NATAL.
Depois do natal, não tem Papai Noel, e o vermelho de suas roupas fica no saldo da conta Bancaria.
Depois do Natal as luzes se apagam e na escuridão não vemos mais os gritos das crianças desvalidas.
Depois do Natal a criança sai da manjedoura, e vai para as esquinas, e não ha magos para lhes presentear.
Depois do Natal não tem mais "JINGLE BELL" Mas só o sino da fome no estômago do pobre.
Depois do Natal o espirito natalino é substituido pelo espirito do porco e do individualismo.
Depois do Natal a missa é a do "GALO"- que nunca é preto- enquanto galinhas e pintinhos continuam descriminados.
Depois do Natal recolhen-se os perdões e renovan-se as mágoas.
Depois do natal as promessas que fizemos são enterradas com a busca desenfreada pelo ter do capitalismo selvagem.

Em fim, depois do Natal O CRISTO MAL LEMBRADO É BEM ESQUECIDO...........

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

UM TRECHINHO DE ONTEM...


Mensagem de hoje: ESCUTEM O SONHO QUE EU TIVE!!!
texto: GN 37:6
INTRODUÇÃO: Falamos sobre a necessidade de sonharmos, de como os sonhos abrilhantam a existência, e movem a nossa vida para estarmos acima da media, O homem que não sonha é um cadáver adiado, falamos de como os sonhos nos pegam, falamos que eles não são algo que nós pegamos, eles é que nos pegaram, falamos de como eles nos seguram nas viagens da vida. E de que eles não são apenas Sinopses neurológicas do magma do nosso inconciente, mas que eles são ideias de Deus enxertadas em nosso coração.

Falamos da empolgação do sonhador, de como ele deseja falar ao mundo dos seus sonhos, e de como ai existe a guerra de perceber que seus sonhos não são bem vindos, nem compreendidos por aqueles que já deixaram de sonhar, de como é complicado sonhar em um ambiente dominado pela falta de ideais, e projetos de arrojo.

Falamos de como temos que sonhar independente de acharem que a nossa felicidade é Saliência e que nossos sonhos são uma ameaça as posições dos outros irmãos, apesar disso José sonhou, ou seja, não espere incentivos aos seus sonhos, acredite neles você, por que de inicio sera apenas você que irá leva-los a serio. Seja pró-ativo.

Mas o magnifico é que Os Sonhos de José não conhecem como teto nem Abraão nem Isaac nem Jacó, apesar de José os respeitarem José sonha para além deles, o único teto diante dos sonhos de José é O Senhor Deus, no mais até a Lua e as Estrelas se curvam a ele; Digo isso por que na maioria das vezes os filhos se contentam em ser como o pai ou o avô, mas José não.

Em fim, sonhos não significa uma vida sem problemas, pelo contrario são os sonhos que atraem os adversários. eita que eu já to com preguiça de escrever...rsrsrsrsrsrsrsrs.

Em fim, falamos de como ele sofreu e sorriu por causa de sonhos, e de como as riquezas não mudaram o ser caráter, pois mesmo depois de rico ele se descreveu aos irmãos dizendo: EU SOU JOSÉ!!!

Tem gente que depois que enrica até de nome muda; Se era CHICO, AGORA É CHAICOM .KKKKKKKKKK
SE ERA CARLOS, AGORA É CHARLES.

MAS O GOVERNADOR JOSÉ CONTINUAVA DIZENDO: EU SOU JOSÉ.

Falamos muitas outras coisas interessantes mas não da pra falar agora, pois to cansado.

Xero no coração.

sábado, 17 de dezembro de 2011

NÃO TENHA MEDO.


Nunca abra mão de ser feliz, mesmo que ela seja interpretada como saliência.
Nunca enterre seus talentos porque alguém o julga presunçoso como Eliabe julgou a Davi.
Nunca perca alegria de falar dos seus sonhos, ainda que seja para aqueles que te invejam e possivelmente vão querer te vender pra longe.
Nunca pense que seus talentos serão vistos como um presente de Deus no mundo religioso, pois possivelmente eles serão visto como uma grande ameaça.
Nunca pense que quando estiveres em evidência, você é a evidência.

Em fim nunca use seus talentos para se promover, pois caso contrario seu galardão sera apenas o aplauso dos Homens.
Honorato Neto.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

PENSANDO FORA DA CAIXOLA


Queridos sempre sou indagado quando pregou ou participo dos debates, sobre como me vem a maneira de entender as escrituras, qual comentário Bíblico eu uso e coisas assim! As pessoas se surpreendem quando digo não ter comentários Bíblicos, Não que eles não sejam práticos, Pois eles são; Todavia por outro lado vejo que os pregadores de hoje em dia são meros repassadores de informação e não idealizadores criativos de interpretações profundas da Escritura, isso por que eles pensam em serie com os comentaristas já conhecidos, Pense comigo!!!
Quando estamos lendo, outra pessoa pensa por nós; Só repetimos seu processo mental. Isso é semelhante ao caso de um aluno que, ao aprender a escrever, traça com a caneta as linhas que o professor fez com o lápis. Portanto o trabalho de pensar nos é em grande parte negado quando lemos, Durante a leitura nossa cabeça é apenas o campo de batalha das ideias de outro, e ai vamos perdendo a capacidade de pensar; Qualquer assunto chamado para fora do mundinho domesticado dele, já se diz:" A letra mata" quando quem diz isso é por que a própria letra já o matou.

Quem se acostuma andar de carro, acaba se esquecendo do que é andar de ônibus, este é o caso de muitos eruditos, leram até se tornarem estúpidos, Não estou dizendo que não devemos ler, estou apenas dizendo que sabedoria esta um passo acima, ela fez com que as coisas simplesmente venham, como uma bolha que sobe do fundo do mar, as palavras surgem das fulguras do silêncio.

Se tu fores por onde os outros já foram, só iras até aonde eles foram.
PENSE NISSO.
HONORATO NETO

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

SE AGARRANDO A QUALQUER COISA...

Meus queridos, a situação de alguém se afogando é tão calamitosa, que ela se apega a tudo que jogarem em sua direção, a não importando a procedência da boia.
Assim caminha a nossa sociedade, agarra-se a tudo que promete segurança e conforto sem nunca procurar saber se esta seguro pela verdade ou por uma armadilha ainda pior do que se afogar; O mundo vive e sobrevive de doses, e de dose em dose eles vão levando a vida como apenas um cadáver adiado.

Por isso o mundo de hoje é um prato cheio para os enganadores religiosos que tem na ignorância do povo uma oportunidade de reinar, sem falar daqueles que começaram cheios de uma visão de Deus e no meio do caminho foram perdendo o ardor que um dia os motivou a começar algo bonito, e sem perceberem vão se agarrando a coisas que aparecem no meio da jornada só para tirar a visão daquilo que um dia foi o discurso mais pregado.

Esquecemos os objetivos principais e vamos nos distraindo com coisas que parecem benéficas, mas só nos distancia da pureza, fico triste ao perceber que alguns ideais de igrejas e lideres inspiradores tenham desaparecido com a chegada de presentes de Gregos, com a politica da Anás e Caifás e conveniência de Herodes.
Vejo lideranças sem direção se agarrando a tudo aquilo que aparece oferecendo poder e notoriedade sem perceber que não é mais os anéis que sai dos dedos; Mas é o óleo da unção que esta indo embora e esta ficando só os dedos e anéis; É incrível que ao passo que as igrejas avançam em poderio diante dos homens ela vai perdendo a graça de Deus, como dizia Tomás de Aquino: "temos prata e ouro mas não temos mais o levanta e anda". Quem tem o minimo de visão do reino vai perceber que isso é verdade, a igreja ao invés de granjear as riquezas do céu esta mais preocupada em se tornar poderosa aos olhos dos homens, e pra isso ela anda conforme o Príncipe de Maquiavel e não conforme Jesus o Príncipe da Paz.

É possível que homens cheios da revelação do reino percam a visão? sim; Pedro no capitulo 16 disse que Jesus era o cristo, e Jesus o elogia, e 6 versos depois Jesus o repreende dizendo arreda Capeta! Entendam, começar um projeto é fácil, chegar ao fim é um desafio.
E ai quando se perde a visão vamos nos agarrando ao que nos jogam, e sempre vamos parando em outras ilhas e nunca na Boa nova do evangelho, resultando assim em religião fria e cristalizada onde a Instituição passa a ser o começo meio e fim da religião, sendo ela mesma O "deus" pelo qual se luta e se defende com a própria vida.

Bem aventurado os que ainda possuem visão o bastante para serem de JESUS e não se deixar guiar por guias que não guiam mais.
Bem aventurado aquele que é Bereano o bastante para não trocar um bom sermão, por uma apresentação de cantores gospel.
Bem aventurado que tem autonomia em Cristo e sabe diferenciar a voz do homem da de Deus
Bem aventurado quem se preocupa em agradar a Deus ainda que desagrade os homens.
Bem aventurado aqueles que nunca vendem sua visão de evangelho para se tornarem querido pelos Homens.
Bem aventurado quem tem coragem de ver e agradecer a Deus por esse privilegio e dizer:Abriste os meus olhos
E ver significou saber que não via
E agora vendo precisei abandonar a imagem
Felizes daqueles que ainda conseguem ver
Tristes daqueles que por se acharem vendo já não enxergam mais nada
Precisei desaprender para aprender
A arte de me despir me expôs novamente a mim mesmo
Despi-me das vestes das filosofias humanas
Apaguei as belas figuras e tornei minha vida num papel branco
E no branco do nada pintado conseguí entender o quão necessário é a dor.
Como disse Santo Agostinho; Deus só teve um filho sem pecado, mas não teve nenhum sem sofrimento, pois a dor e o prazer haverão de conviver juntos.
Igreja tem que ser coisa de gente de Deus, de gente livre, de gente sem medo, de gente que anda e vive, que deixa viver... que crê sempre no amor de Deus... e sobretudo, é algo para gente que confia... que entrega... que não deseja controlar nada... e que sabe que não sabe, mas que sabe que Deus sabe...

Somente gente com esse espírito pode ser parte sadia de uma igreja local, por exemplo.

Entretanto, para que as pessoas sejam assim seus pastores precisam ser assim também...

Se o pastor é assim, tudo ficará assim...

Ou, então, o "tal pastor" não emprestará a sua vida para o que "não seja vida", e assim, bem-aventuradamente deixará tal lugar de prisão disfarçada de amor fraterno...

Em igreja há problemas... É claro... Afinal, tem gente...

Mas nenhum problema humano tem que ser um escândalo para a verdadeira igreja de "gente boa de Deus".

Numa igreja de Deus ninguém tem que ser humilhado... adúlteros não tem que ser “apresentados” ao público... ladrões são ajudados a não mais roubarem... corruptos são tratados como Jesus tratou a Zaqueu... e hipócritas são igualmente tratados como Jesus tratou aos hipócritas... ou seja, com silêncio que passa, mas ao mesmo tempo não abre espaço...

Na igreja de "gente boa de Deus" fica quem quer e até quando deseje... E quem não estiver contente não precisa ser taxado de rebelde e nem de insubordinado... Ele é livre para discordar e sair... Sair em paz. Sem maldições e sem ameaças; aliás, pode sair sem assunto mesmo...

Na verdadeira igreja não há auditores, há amigos.

Nela também toda angústia humana é tratada em sigilo e paz.

Igreja é um problema?...

Sinceramente não acho...

Pelo menos quando a igreja é assim, de gente, para gente, liderada por gente, com o propósito de fazer de toda gente um humano maduro .
Então, creia: não há problemas nunca, pois, os problemas em tais casos nada mais são do que situações normais da vida; como gripe, febre ou qualquer outra coisa, que só não dá em poste de ferro...

Tudo o que aqui digo decorre de minha experiência...

Não é teoria...

Pode ser assim em todo lugar...

Mas depende de quem seja o pastor...

E mais: se o povo já estiver viciado demais nem sempre tem jeito...

Entretanto, se alguém decide começar algo do zero, saiba: caso você seja "gente boa de Deus", e que trata todos como gostaria de ser tratado, não haverá nada que não seja normal, pois até as maiores anormalidades são normais quando a mente do Evangelho em nós descomplicou a vida.

Pense nisso!!!

HEROES SERA QUE É DELES QUE PRECISAMOS?


Meus queridos, existem muitas definições que nós precisamos entender de fato o que elas significam; Muitas coisas nós empurramos de goela a baixo sem ao menos saber de fato o que significam, e não saber dar razão da nossa fé é uma marca registrada dessa geração rasa e de raízes flutuantes, como disse um certo pensador: " O cristianismo de Hoje é centrado no homem, manipulativo, orientado pelo sucesso, auto-indulgente e sentimental como é, patentemente - Mede cinco mil quilômetros de largura e um centímetro de profundidade. Somos anões espirituais.

Tenho visto muitos Evangélicos falando sobre Heroes, precisamos de Heroes e por ai vai, de fato uma geração pobre e fria precisa de Heroes para entretela ou para motiva-la, já que temos Evangélicos reativos e não pró-ativos, precisa-se de pão e circo para que a vida seja feita apenas de momentos espetaculares, de fato precisamos de Heroes para que vençam por nós, busquem a Deus por nós, e sejam por nós o que neles projetamos ser.

Porque de fato o que poucos sabem é que a Bíblia não esta querendo formar Heroes, a bíblia esta querendo formar Justos, A Bíblia não é um livro de Heroes mas de justos; Jesus Cristo não é um Herói, ele é o "JUSTO". Essa é a grande diferença entre a filosofia Grega e o evangelho, A filosofia grega pregava o mito do Herói, aquele que vence pela força, que é todo potente e por ai vai; Já o Evangelho fala do Justo que tem fraquezas, que é ser humano, que vence não pela força, mas pelo amor, que não procura glória nem se preocupa em fazer fama, que rejeita o livramento e que quando esmurrado não revida, quando odiado ama, esse sim vira espetáculo a homens e a anjos.

Heroes são irretocáveis, já os justos são aqueles que tem fraquezas e por isso dependem da graça de Deus, Heroes escondem seus fracassos, os justos tem seus fracassos revelados para que todos saibam que eles dependem da misericórdia de Deus.
Por isso a Bíblia não esconde que: Abraão mentiu, Moisés matou, Davi adulterou, Pedro negou, Paulo perseguiu e matou, e que O próprio DEUS se vulnerabilizou no ventre de uma virgem, a ponto de morrer como um malfeitor fraco e sem força.

Entendam meus queridos, o que faz um Herói é diferente do que aquilo que faz um Justo.
No Evangelho o Injusto é o que deseja se chegar a Deus pelos seus méritos, por suas obras, por suas virtudes, esse é o injusto, por que quer ser Herói diante de Deus.
Já o justo é o que confia na graça de Deus, que não é por obras para que ninguém se glorie, é o que se sabe tão imperfeito que depende totalmente da Justiça do justo Jesus.

Esse tipo de conflito aconteceu nos dias do Senhor Jesus; Lucas registra que na hora da ceia os Apóstolos discutiam entre eles para saber quem seria o maior, e Jesus fala que as autoridades desse mundo é que queriam essas coisas e que eles não deveriam ser assim, pelo contrario o que desejasse ser o maior, fosse o menor. Na tentação do deserto o que o Diabo queria é que Jesus se tornasse Herói dando showzinho pulando do Pináculo do templo e por ai vai.

A igreja de Corinto estava tomada desse desejo, uns dizendo eu sou de Paulo, eu sou de Apolo e outros dizendo eu sou de Pedro, e Paulo combate isso dizendo que esses Homens são apenas instrumentos por meio de quem eles haviam crido.

Dizem que todos queria ser César, mas um dia encontram César chorando por que César não queria ser César, mas Alexandre.
Todos queria ser Alexandre, mas Alexandre chorava por que não queria ser Alexandre, ele queria ser Hércules e Hércules não existe.

Meus queridos sejam vocês mesmo, por que essa imagem de Homem perfeito só esta em Jesus Cristo, e ele não é um Herói, ele é o Justo.

O poder de Deus se aperfeiçoa em nossas fraquezas.
Honorato Neto

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

ONDE ESTA O PROBLEMA ?

Se tivéssemos o selo do Espírito em nosso ministério, com o Seu poder, os nossos talentos pouco importariam. Os homens poderiam ser pobres e indoutos, suas palavras poderiam ser difíceis ou desprovidas de gramática; se a força do Espírito as acompanhasse, o mais humilde evangelista poderia ser mais eficiente que os mais eruditos teólogos ou do que os pregadores mais eloqüentes.
É o poder extraordinário de Deus, e não o talento, que ganha o dia. É a unção extraordinária do Espírito, e não a capacidade mental fora do comum, o que carecemos. O poder mental pode encher o edifício, porém, o poder espiritual enche a igreja com o anseio da alma. O poder mental pode atrair congregações enormes, porém, é o poder espiritual que salva. O que precisamos é de poder espiritual...do poder vindo do Trono de Deus.

Que saudade sinto dos puritanos que eram mestres em detalhes, e incapazes ou relutantes em relaxarem. E o que eles tinham de tão diferente? Resposta. MATURIDADE.
Um certo pensador declarou: " O cristianismo de Hoje é centrado no homem, manipulativo, orientado pelo sucesso, auto-indulgente e sentimental como é, patentemente - Mede cinco mil quilômetros de largura e um centímetro de profundidade. Somos anões espirituais.

Hoje em dia só se fala em "renovação" mas essa não era a palavra que os Puritanos usavam, pois eles falavam apenas de "Reformação" e reforma.

O problema dos dias de hoje, é que temos uma mistura de conceitos e teologias, que fica complicado definir o que é a igreja Brasileira; Veja alguns:
Experimentalistas infatigáveis, intelectualistas intrincheirados e desviados descontentes.

1)EXPERIMENTALISTAS INFATIGÁVEIS: Definem o evangelicalismo baseando-se em suas experiências, por isso vivem sempre à cata de novidades, entretenimentos e "pontos altos" valorizando mais os sentimentos fortes que os pensamentos profundos. Eles não apreciam o estudo sólido, o auto-exame feito com humildade, e meditação disciplinada, e o trabalho árduo e não espetacular, em suas atividades e orações. Concebem a vida cristã como uma série de extraordinárias experiências animadoras e não como uma vida de constante retidão racional.
Eles reduzem o cristianismo a uma viagem egoísta em busca de sensações, se esquecendo que a missão do Espirito Santo não é conferir experiências emocionais, e sim, criar em nós o caráter cristão.

2) OS INTELECTUALISTAS ENTRINCHEIRADOS: Sempre reagem com orgulho contra as tolices do experimentalismo. Se apresentam constantemente como crentes rígidos,argumentativos,críticos, campeões da verdade de DEUS e para quem a ortodoxia é tudo. dedicam-se incansavelmente a tarefa de sustentar e defender a sua própria visão de alguma verdade, sejam calvinistas ou arminianos, Por isso ha pouco calor humano neles; As experiências não significam muito para eles; O seu grande propósito é vencer a batalha da correção de idéias.

3) DESVIADOS DESCONTENTES: Gente desiludida com igrejas, com pastores e lideranças.
Uns por razões intelectuais, julgando que o ensino a eles ministrado fora tão simplista que suas mentes foram sufocadas, deixando-as tão fora da realidade que chegava a ser desonesto. Outros por que achavam que no Evangelho eles conseguiriam, Saúde, riquezas materiais, e circunstâncias sem pertubações, ou seja, haviam se convertida não ao Senhor Jesus Cristo, mas à uma proposta de sucesso
O resultado é um aglomerado de gente sem direção, e rumo na sua fé, todavia a saída esta em voltarmos os nossos olhos para simplicidade do evangelho do Senhor Jesus cristo.

Honorato Neto

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

6 SUBLIMES ESCOLHAS.

Um bom sermão para se pregar.
1. Noé escolheu o caminho da obediência que nunca discute.


2. Abraão escolheu o caminho da fé que de nada duvida

3. Josué escolheu o caminho do serviço, que termina em supremo galardão.

4. Rute escolheu o caminho da lealdade, que sempre produz resultados

5. Elias escolheu o caminho da coragem que nada teme.

6. Isaias escolheu o caminho da entrega total, que sempre conduz à plenitude da bênção.

O ALFABETO DOS MISTÉRIOS.

Quando Deus estava para criar o mundo pela sua palavra, as vinte e duas letras do alfabeto desceram da terrível e augusta coroa de Deus onde haviam sido gravadas com uma pena de fogo flamejante, posicionaram-se em pé ao redor de Deus, e uma após a outra falou e pediu:

– Crie o mundo através de mim!

A primeira a vir à frente foi a letra Tav. Ela disse:

– Ó, Senhor do mundo! Seja da sua vontade criar o mundo através de mim, visto que é através de mim que o senhor dará a Torá a Israel pela mão de Moisés, como está escrito: “Moisés ordenou-nos a Torá.”

O Santo, bendito seja ele, respondeu e disse:

– Não.

– Por que não? – perguntou Tav.

E Deus respondeu:

– Porque nos dias que virão deverei colocar você como sinal de morte sobre as frontes dos homens.

Assim que Tav ouviu essas palavras da boca do Santo, bendito seja ele, retirou-se da sua presença desapontada.

A letra Shin deu um passo a frente e pediu:

– Ó, Senhor do mundo, crie o mundo através de mim, visto que o seu próprio nome, Shaddai, começa comigo.

Infelizmente Shin é também a primeira letra de Shav, mentira, e de Sheker, falsidade, e foi por isso desclassificada. Resh não teve melhor sorte: foi observado que ela era a letra inicial de Ra’, perverso, e de Rasha’, maligno, e diante disso a distinção de que ela desfruta por ser a primeira letra no Nome de Deus, Rahum, o misericordioso, em nada contava. Kof foi rejeitada porque Kelalah, maldição, pesa mais do que o fato de ser a primeira letra em Kadosh, o Santo. Em vão Tzade chamou a atenção para a palavra Zaddik, o Justo: havia Zarot, os infortúnios de Israel, testemunhando contra ela. A letra Pe tinha Podeh, redentor, em seu favor, mas Pesha, transgressão, refletia desonra sobre ela. Ayin foi declarada inadequada, porque embora comece ‘Anawah, humildade, faz a mesma coisa por ‘Erwah, imoralidade.


Samek disse;

– Ó, Senhor, seja da sua vontade começar a criação através de mim, pois o senhor é chamado como eu de Samek, o Sustentador de todas as coisas que tendem a cair.

Mas Deus disse:

– Você é necessária no lugar em que está, e deve continuar a sustentar todas as coisas que tendem a cair.

Nun é a primeira letra de Ner, “a lâmpada do Senhor”, que é “o espírito dos homens”, mas também de Ner, “a lâmpada dos ímpios”, que será apagada por Deus. Mem começa a palavra Melek, rei, um dos títulos de Deus, mas como é também a primeira letra de Mehumah, confusão, não teve chance de realizar o seu desejo. A reivindicação de Lamed trazia sua própria refutação. Ela apresentou o argumento de que era a primeira letra em Luhot, as tábuas celestiais dos Dez Mandamentos, esquecendo que as tábuas eram feitas em pedaços por Moisés. Kaf estava certa da vitória: tanto Kisseh, o trono de Deus, quanto Kabod, sua honra, e Keter, sua coroa, começam com ela. Deus teve de lembrá-la de que iria bater uma contra a outra as suas mãos, Kaf, em desespero pelos infortúnios de Israel. À primeira vista Yod parecia ser a letra apropriada para o princípio da criação, devido à sua associação com Yah, Deus, porém Yezer ha-Ra’, a inclinação para o mal, também acontecia de começar com ela. Tet identificava-se com Tob, o bem, porém o verdadeiro bem não é deste mundo; pertence ao mundo que está por vir. Het é a primeira letra de Hanun, o Gracioso; porém essa vantagem é vencida por seu lugar na palavra para pecado, Hattat. Zain sugere Zakor, lembrança, mas é ela mesma a palavra para arma, aquela que fere. Wav e He compõem o Inefável Nome de Deus, e são portanto exaltados demais para prestarem serviço no mundo terreno. Se Dalet representasse apenas Dabar, a Palavra Divina, teria sido usada, mas representa também Din, justiça, e sob o governo da lei sem o amor o mundo teria caído em ruína. Finalmente, a despeito de lembrar Gadol, grande, Gimel não foi escolhida, porque Gemul, retribuição, começa com ela.

Depois que as revindicações de todas essas havia sido negadas, a letra Bet aproximou-se do santo, bendito seja ele, e pediu diante dele:

– Ó, Senhor do Mundo! Seja sua vontade criar o mundo através de mim, levando-se em conta que os moradores do mundo dão louvor ao senhor através de mim, como é dito: “Bendito seja o Senhor para sempre. Amém e amém”.

O Santo, bendito seja ele, atendeu imediatamente ao pedido de Bet.

– Bendito o que vem em nome do Senhor – disse ele.

E criou o seu mundo através de Bet, como é dito: “Bereshit [No princípio] Deus criou os céus e a terra”.

A única letra que absteve-se de fazer qualquer pedido foi a modesta Alef, e Deus mais tarde recompensou sua humildade concedendo a ela o primeiro lugar nos Dez Mandamentos.



Lendas dos Judeus é uma compilação de lendas judaicas recolhidas das fontes originais do midrash (particularmente o Talmude) pelo talmudista lituano Louis Ginzberg (1873-1953). Lendas foi publicado em 6 volumes (sendo dois volumes de notas) entre 1909 e 1928.

RUI BARBOSA OS LADRÕES E OS PATOS.


Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal. Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação. Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o ao tentar pular o muro com seus amados patos, disse-lhe:


- Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas sim pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei com minha bengala fosfórica bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à qüinquagésima potência que o vulgo denomina nada. E o ladrão, confuso, diz:
– Dotô, eu levo ou deixo os pato?

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

CULTO RACIONAL, O QUE É ISSO?


Dizem que na antiga república tcheca um garoto foi pego pichando um muro criticando o regime socialista do comunismo; Ao ser preso ele foi asperamente interrogado, e quando perguntado por que se levantar contra o socialismo, ele respondeu: " O que é socialismo"? O general simplesmente não soube responder o que ele mesmo defendia.

Queridos ha muito disso no meio de nossas igrejas, pessoas defendendo coisas que nem elas mesmas sabem o que é; é comum encontrar pessoas falando que o culto precisa ser racional, mas percebo que o que elas falam a respeito desse racional não passa de um clichê de charme intelectual desprovida de profundidade e clareza.

O que sera que Paulo quis dizer quando falou sobre o culto racional?
Precisamos ter cuidado antes de responder essa pergunta; Vejo muita gente fazendo da razão um fim em si mesma, ou seja, a razão como começo meio e fim da fé; Pensar assim é um engodo, pois a razão não é um fim em si, ela é apenas um meio pelo qual usamos para entendimento da boa perfeita e agradável vontade de Deus; Perceba que o foco não esta na razão, e sim em descobrir a vontade de Deus.

É vero que para entendermos a vontade de Deus precisamos entender isso em nossa mente, mas uma vez entendendo o que Deus deseja, a sua vontade nos convida a atitudes que a luz da lógica natural e escolástica é uma loucura.

Precisamos entender que fé não é uma especie de certeza que elaboramos pelo esforço da razão, Não, a fé é um dom de Deus, e em EF 2:8 Paulo diz que ela não vem de nós é dom de Deus. Uma vez entendendo a vontade de Deus a razão é trocada pelo espérimento do que aos olhos do Homem natural é loucura, Pois paulo ja bem dizia que o homem natural não entende as coisas do Espirito, por que elas se discernem espiritualmente.

Como entendermos um Abraão disposto a matar o próprio filho em obediência a Deus? vá entender isso racionalmente e você chamara Abraão de monstro.
Um profeta falar com uma Jumenta, para o homem natural parece uma piada.
O povo de israel em NM 21 Ficar cantando olhando para o chão e cantar- " brota poço, brota poço" Vai entender isso.
Cavar covas no deserto depois de ouvir o Profeta dizer que eles não iriam ver chuva, nem sentir vento.

Muitas coisas passamos hoje sem entendermos, certos de que entenderemos depois. Jo 13:7.
Jesus nunca disse: Entenda somente e sera salvo! Ele disse: Crê somente.
Kientigard chamava a fé de um salto no escuro, de salto no absurdo, de perder os pés por algum tempo.
Uma vez Ouvi o pastor Darckson Lira dizer que perguntou para um Judeu por que o candelabro tem aqueles braços, a resposta do Judeu foi simples; Ele disse: Por que ele mandou fazer assim, o por que eu não sei, pois para o Judeu é bom entender, mas antes de entender é melhor obedecer.
Ai vem o Blayse Pascal e diz: A razão tem razões que a própria razão desconhece.

Não estou aqui cometendo o suicídio da razão, mas estou aqui dizendo que a razão a qual Paulo fala não é alcançada pela via da razão natural fria e filosófica, a Razão que paulo fala tem haver com aqueles que já nasceram de novo e entendem o sentido da frase que Jesus disse a Pedro: " Não foi a carne e o sangue que te revelaram, mas meu pai que esta no céu".

O culto racional por tanto é o culto com conteúdo, e o conteúdo tem que ser o Evangelho de Jesus de Nazaré.
Cristianismo não é reflexão teórica, mas é resolução pratica.
PENSE NISSO.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

UMA SÓ ALMA....


O talmude nos conta que quatro homens navegavam em um barco quando um deles começou abrir um buraco em seu assento, os demais homens assustados começaram a gritar:"Para com isso". O homem simplesmente respondeu: " O problema é meu, pois estou abrindo o buraco no meu assento". ouvindo isso os outros responderam: " Sim, mais todos estamos no mesmo barco amigo"

Amados precisamos entender que todos estamos ligados um ao outro no mesmo barco terra, ou como alguns querem, na nave terra. Existe uma ligação entre cada carinha humana que esta na terra, acredito eu que até entre o homem e a natureza existe uma ligação divina, Pois logo após a queda do homem a terra passa a produzir cardos e abrolhos, e quanto mais os homens se distanciam de Deus mais a natureza geme por uma nova criação.

Os Judeus pregam a doutrina chamada de uma só alma, na Lei a palavra nação é "GUEVIÁ" Que significa Corpo, Ou seja, o mundo é uma comunidade sagrada, como uma só alma dentro de um corpo; Percebam que Pedro chama a igreja de Nação Santa, Paulo diz que nós somos um só corpo, e que cristo é o cabeça.

A Partir da santíssima trindade nós vemos esse mistério, eles são um, O Pai glorifica o filho, enquanto o filho glorifica o Pai,e o Espirito Santo também glorifica ao filho. Na oração Sacerdotal o Senhor Jesus pede ao pai para que os discípulos seja um, como ele o pai são um.

Percebam que quando Deus tira EVA, ele a tira de dentro de ADÃO, e a resposta de ADÃO é: Essa afinal é osso dos meus ossos, é carne da minha carne; O interessante é que quando eles caem todos nós somos afetados pelo pecado deles, pois todos nós estávamos em Adão.
A partir dai os Judeus acreditavam que se um israelita cometesse um pecado horrível toda a nação pagava, era por essa razão que Deus mandava se eliminar da terra.
EX: EM JOSUÉ 22:1O . Onde nos diz que por causa do pecado de ACHAN BEN ZERACH, Toda nação de Israel perdeu a guerra na cidade mais pequena daqueles dias, por isso ele teve que ser apedrejado no vale de Acor.

O óleo da Unção era feito com 3 especiarias: Estoraque, Onlicha, e o Galbano, os 3 precisavam ser unidos no mesmo peso e quantidade, e uma vez unidos, perdiam seus nomes para serem o óleo da Unção, se O Galbano quisesse dizer que vinha dele, ele teria que se lembrar do estoraque, se o estoraque quisesse achar que vinha dele, ele teria que se lembrar que sem a onlicha, ele não era nada, Sendo assim somente a unidade dos Homens pode gerar o óleo da Unção sagrada. SL 133.

Jeremias chama Israel de uma ovelha perdida, pois se um é ferido, todos sentem a dor. Lv 26:36-37 diz que se o povo peca, tropeçarão uns sobre os outros, um por causa do outro. Estamos todos ligados. EX: Ser morador de um condomínio ou bairro, é estar ligado a uma espécie de destino coletivo, se os meus vizinhos deixam suas casas se deteriorarem, é logico que a minha se desvaloriza para o mercado.
Se um Jonas esta fugindo, todo barco sofre por causa dele.

Mais ai vem a grande alegria, pois se estamos em cristo somos com ele uma só alma, e nenhuma condenação ha para quem esta em Cristo, Pois agora ninguém é membro de banco, pois membro de banco é cola, parafuso e madeira, você é membro do corpo, e esse corpo tem cabeça.
Precisamos a partir desse conceito lembrar-nos da palavra que se resume a:
"Ama teu Próximo como a ti mesmo" Pois ele é parte de você mesmo.
Então faça a paz no seu andar e se levante sem em ninguém pisar, e reconheça Deus em cada carinha humana na terra.

Esse é um trecho de uma palestra do Pastor Honorato Neto, que foi ministrada no encontro da igreja no Mês de Outubro.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

ONDE ESTA O CORDEIRO?


Não podemos buscar o que não desejamos, não podemos desejar o que não nos faz falta.
Ha um surgimento de tantas novas coisas em nosso meio, que não estamos percebendo o sumiço de outras; Quando era garoto gostava de na hora do almoço dizer pro meu irmão que ficava ao meu lado- "OLHA AQUILO ALI"!!! Quando eles olhavam eu tirava um pedacinho dos seus pratos rsrsr.

Parece que Hoje em dia é o que esta acontecendo, estamos distraídos com o fogo cutelo e lenha, e ninguém a semelhança de Isaac esta tendo o discernimento de perguntar, " Onde esta o Cordeiro?". Na verdade Hoje em dia a pergunta mudou, a pergunta agora é a seguinte: Onde esta o cantor? Onde esta o artista? onde esta o show?
Onde estão as atrações?, Onde esta o milagre? e por ai vai...

A marca dessa geração é substituir os marcos antigos por novos modismos, pois sempre queremos o que não precisamos, e o que precisamos, isso não queremos.
Onde esta o Cordeiro em nossas mensagens? Puramente sem conteúdo, bem razinhas, e que só oferecem privilégios e nunca o abrir mão do Isaac por amor a Deus, Aliás a mensagem Bíblica esta sendo substituída por frases dos Próprios pregadores, como se Deus habitasse nos engenhos de belos textos, e frases de efeito; Sermões? quanto mais curto melhor!!! Por favor me digam: Onde esta o cordeiro?

Onde esta o Cordeiro em nossas musicas? Se o que se canta hoje em dia é só vitória, e como diz a canção da Damares, "Um novo nome vai surgir e pode ser o seu". Da pra ver por ai que o interesse não é no cordeiro, mais no nosso próprio nome.
Será que ainda se vai a igreja em busca do cordeiro? ou será que nossa ida a igreja não passa de interesse nos nossos próprios caprichos? Em fim ha muito pouco do cordeiro em nossas igrejas, de algumas eu acredito ele já até desapareceu, ou foi trocado pelo Bezerro de ouro, outros até destruíram o Bezerro, mais são alucinadas pelo ouro do bezerro.

Queridos sem o cordeiro estamos perdendo o tempo, pois só dele se estrai a roupa que nos veste bem diante de Deus- Adão e eva foram vestido por ela.
Só dele encontramos proteção em nossa casa contra o Anjo da morte e do Juízo. E força pra sair do Egito.
Só dele encontramos a surpresa da providência divina antes que Isaac seja imolado.
Só dele encontramos o perdão de pecados, pois é ele quem tira o pecado do mundo.
Só ele faz joão parar de chorar diante do livro selado da historia eterna.

Por tanto, nunca saia de um culto sem antes perguntar; ONDE ESTA O CORDEIRO? E se lá ele não estiver, escape por sua vida, pois facilmente você estará com bodes.

Honorato Neto.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

OS PÚLPITOS ESTÃO CHORANDO....

Não há nada mais encantador do que uma grande mensagem, daria tudo para estar na galiléia e ouvir o Sermão da montanha; Ou ouvir Paulo saudar os atenienses em Atenas.

Seria um sonho ouvir spurgeon, Moody, e outros arautos do calvário, pois sinto que os púlpitos estão chorando.

A paixão pelo púlpito vem desvanecendo, os jovens pregadores orientam seus ministérios a Gestão administrativa de suas congregaçõe, todavia nenhum seminário sobre o Púlpito, sobre o anuncio profético da palavra, sobre o poder da pregação ungida.

Vejo igrejas crescendo com um púlpito fraco, por isso vemos a pobreza intelectual e espiritual dos seus membros, A pregação perdeu-se em abstrações, sepultadas com jargões, e movidas a gritaria sem razão, com muita empolgação e pouco unção.

Os pastores são muito mais promotores de evento do que tribunos, mais administradores do que expositores, temos mais especialistas em entretenimento e condutores de louvorzão do que profetas da palavra.

Onde estão os pregadores que saibam combinar:
A riqueza da oratória com a urgência profética;
A lógica do raciocínio com a Paixão evangelistica;
A doçura da poesia com a fidelidade exegética;

Que sejam profundos sem ser confuso;
simples sem parecer simplista; e envolvidos com cada palavra do que se diz; Onde estão os pregadores que não apenas agitem, mais produzam reflexões profundas!!!

Simplesmente eles estão cada vez mais escaços; Eu amo pregar, mais sinto uma dificuldade de ouvir uma boa pregação.
Ainda assim agradeço a Deus por Caio Fabio de Araujo, esse tem sido um instrumento de Deus para minha vida.

QUEM É QUE CONTA...?



Não é o critico que conta,
Nem o homem que aponta o homem forte que tropeça,
ou mostra como quem fez poderia ter feito melhor.

O mérito pertence ao homem que esta na arena,
A face coberta de poeira, suor e sangue,
Aquele que se empenha, valente,
Que erra e falha e falha outra vez-
Porque não há esforço sem erro nem falta-
Aquele que realmente luta para fazer o que deve ser feito,
Que sabe o significado do grande entusiasmo e da grande devoção a vida do próximo,
Que se deixa exaurir pela causa de valor,
Que conhecerá o triunfo d realização, se vencer e, se perder, ao menos terá perdido enquanto ousava com bravura-
Por isso, seu lugar nunca será ao lado das almas tímidas e frias que não conhecem vitória nem derrota.

Melhores são as lagrimas da derrota, do que a vergonha de não ter tentado.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O VENTO...

Vem sobre nós, doce vento
Vem com alento
Vem calmo, lento
Sem demora, atento

Quero vento, quero vento
Quero o tal avivamento
Mas não quero animar vento
Quero o verdadeiro vento
Que venta do dono do vento
Quero a palavra não in-ventada
Quero o vento gostoso da estrada
Que move a poeira, vento amigo
Não o vento do inimigo

Quero a Palavra alimento
E não a palavra "vento"
Quero a Palavra sustento
Não quero acabar em lamento
Ao ver falso avivamento
Sem sombra do vero vento
Vento do Espírito Santo
Vento que embala os santos

Quero o vento, quero o vento
E não só viver de momentos
Pois quem vive só de eventos
No final, de todo, é vento!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

CERTE EM CHEIO!!!!!!!!!


John Owen escreveu: "Aquele, que foi designado para matar um inimigo, se deixar um sobrevivente, o trabalho ficará incompleto". É necessário que sempre cumpramos a tarefa de mortificar o pecado. Podemos matar uma tribo inteira de amalequitas, mas se deliberadamente permitimos que um Agague escape, Deus não se agradará do nosso esforço.

A carne é muito sutil e enganosa, como bem sabemos. Um pecado específico nos deixa em paz por um tempo para fazer-nos pensar que nos livramos dele. Mas ele pode voltar com uma fúria infernal se não estivermos vigiando. O pecado está perpetuamente à espreita para nos atacar; continuamente devemos mortificá-lo. Esse é um dever do qual não descansaremos até descansarmos na glória.

Dê-lhe a mão, e ele vai querer o braço. Se ele ganhar espaço em nossa vida, suas raízes irão adiante e crescerão como uma árvore frondosa. Ele nos usará, abusará de nós e nos punirá com tantas desgraças quanto possível. Owen escreveu:

Cada pensamento ou olhar impuro seria um adultério, se pudesse. Todo desejo cobiçoso seria uma opressão. Todo pensamento de descrença, ateísmo. Eles se encaminham para seu ápice por etapas, aplainando o terreno onde se instalaram pelo entorpecimento... A esta altura nada poderia impedir isso, a não ser a mortificação, que seca a raiz e acerta a cabeça do pecado em qualquer momento, de modo que, qualquer que seja o alvo proposto, é aniquilado. Se o homem mais santo que há no mundo parasse de cuidar de seus deveres, cairia em tantos pecados amaldiçoados como sempre caiu qualquer um da sua espécie.

Adiante, ele acrescentou: "O próprio pecado se coloca contra qualquer ato de santidade e contra qualquer etapa que alcancemos. Que esse homem não pense que progride em santidade enquanto não esmagar sua concupiscência.

Não somos ignorantes quanto aos desígnios de Satanás, declara o apóstolo (2Co 2.11). Nem deveríamos ser ingênuos quanto às sutilezas da nossa carne. Quando Agague aparece alegremente dizendo: "Certamente, já se foi a amargura da morte" (ISm 15.32); quando quer ser amigo e declarar fim às hostilidades — é nessa hora é que devemos ser mais imperativos ainda, e atacá-lo, e despedaçá-lo cruelmente diante do Senhor. O pecado não é mortificado quando é simplesmente encoberto, interior, trocado por outro ou reprimido. Ele não é mortificado até que a consciência se tranquilize.

O pecado não é mortificado quando é meramente encoberto. Você pode ocultar o pecado da vista dos outros, mas isso não é o mesmo que mortificação. Se o pecado foi simplesmente embrulhado com hipocrisia, que vantagem há nisso? Se a consciência somente encobriu erros, estamos num estado muito mais perigoso que antes. "O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia" (Pv 28.13). Em relação ao pecado, você não fará a tarefa completa enquanto não o confessar e o deixar.

O pecado não é mortificado quando é somente interior. Se você deixa a prática aparente de algum pecado e ainda continua a ruminar seus prazeres, cuidado. Você pode ter removido seu pecado para a privacidade da sua imaginação, onde ele se torna conhecido apenas de Deus e você. Porém o pecado não foi mortificado. Jesus censurou os fariseus exatamente por isso. Eles odiavam o assassinato mas toleravam o ódio. Abstinham-se da fornicação, mas perdiam-se em pensamentos sensuais. Jesus declarou que eram merecedores do inferno (Mt 5.22-28).

O pecado não é mortificado quando é trocado por outro. Qual é a vantagem em trocar a concupiscência da carne pela concupiscência dos olhos? A concupiscência não foi mortificada, apenas mudou de forma. O puritano Thomas Fuller disse: "Alguns pensam que se tornaram mais piedosos porque trocaram a abundância e o prazer pela avareza". Se você ceder a essa tática, seu coração corre o perigo de ser endurecido pelo engano do pecado (Hb 3.13).

O pecado não é mortificado até que a consciência seja tranquilizada.

O alvo é: "o amor que procede de coração puro, e de consciência boa, e de fé sem hipocrisia" (1 Tm 1.5). Enquanto a consciência permanecer suja, ela afetará nosso testemunho. "Santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo" (IPe 3.15, 16; ênfase acrescentada).

Parte do processo da mortificação atua na questão da nossa culpa. Aqueles que tentam fugir da culpa não confessam adequadamente o seu pecado; portanto, não podem ser limpos e totalmente perdoados.

Para quem quer mortificar o pecado, John Owen escreveu: "Encha a consciência da culpa do pecado'".'' Ao contrário da sabedoria popular de nossos dias, ele acreditava que a angústia da culpa era uma consequência natural e saudável do mau procedimento. "Envergonhe-se", ele escreveu,12 porque ele via a vergonha como uma vantagem na mortificação do pecado. Ele corretamente entendeu o que Paulo queria dizer em 2 Coríntios 7.10: "A tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação, que a ninguém traz pesar".

Aqueles que dão liberdade à culpa, reivindicam a promessa de perdão, rapidamente se tranquilizam, e então, não pensam mais que seus maus procedimentos estão sujeitos aos enganos do pecado que endurecem o coração — especialmente quando o pecado ameaça se tornar um hábito. Deixe a tristeza fazer o trabalho completo em seu coração para produzir um arrependimento profundo e honesto, e aqueles pecados serão completamente enfraquecidos.

O pecado não é mortificado quando é meramente reprimido. Algumas pessoas usam as diversões para evitar de tratar o seu pecado.

Tentam mergulhar sua consciência no álcool ou abafar sua culpa com entretenimento e outras distrações. Quando a tentação surge, eles não dão uma resposta bíblica, como fez Jesus (Mt 4.4,7,10). Em vez disso, buscam uma saída carnal. Martyn Lloyd disse o seguinte sobre essa tendência:

Se tão-somente você reprime uma tentação ou o primeiro impulso de pecado no seu interior, provavelmente ele irá surgir com mais força - ainda. Nesse aspecto eu concordo com a psicologia moderna. A repressão é sempre ruim. "Bem, o que você faz?", alguém pergunta. Eu respondo: "Quando sentir o primeiro impulso do pecado, repreenda-se e diga: "E claro que eu não tenho absolutamente nada que ver com isso". Desmascare a coisa e diga: "Isso é demoníaco e mesquinho, foi o que tirou o primeiro homem do paraíso". Expulse-o, olhe para ele, denuncie-o, odeie-o pelo que ele é; então na verdade você tratou dele. Você não deve, simplesmente empurrá-lo para baixo com espírito de medo, de uma maneira tímida. Coloque-o em cena, exponha-o, analise-o; e então o denuncie pelo que ele é até odiá-lo.

Esse é um bom conselho. Deveríamos trabalhar com nosso pecado corajosamente, acertando-o em cheio. Subjugá-lo um pouquinho não é suficiente. Precisamos exterminá-lo, despedaçá-lo — busque os meios da graça e do poder do Espírito para extirpar a vida venenosa dele.

Essa é uma tarefa para toda a vida, na qual nosso progresso será sempre apenas gradual. Isso faz com que a luta pareça desanimadora num primeiro momento. Mas, logo que nos dispusermos a trabalhar, descobriremos que aquele pecado não será senhor sobre nós, pois estamos debaixo da graça (Rm 6.14). Isso significa que é Deus quem realiza em nós tanto o querer quanto o realizar segundo a sua boa vontade (Fp 2.13). E tendo começado sua boa obra em nós, "há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus" (1.6).

É PRA MORRER!!!!

Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará.

(Mc 8.3 5)

Como esse versículo fala de salvarmos e perdermos a nossa vida, eu costumava pensar que ele se referia especificamente aos mártires cristãos que, ao morrerem por Cristo, entravam na vida eterna. Embora o versículo possa incluir uma referência a martírio, eu agora vejo que Jesus tinha uma aplicação muito mais ampla em mente do que essa. A linguagem indica isso.

A palavra traduzida por "vida", psuche, quer dizer "alma" ou "eu". Na verdade, Lucas transmite a declaração de Jesus com o reflexivo simples: "Pois que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, e perder-se ou destruir a si mesmo?" (Lc 9.25). Alguém poderia talvez parafrasear o epigrama favorito de Jesus, que ele parece ter usado em vários contextos diferentes, desta maneira: "Se você insistir em agarrar-se a si mesmo, e recusar abrir mão de si, e determinar viver por si mesmo, você se perderá. Esse é o caminho da morte, não o caminho da vida. Mas, se você estiver disposto a perder-se, a entregar-se em amor ao serviço do evangelho, então, no momento de completo abandono, quando pensar que perdeu tudo, os milagres acontecerão, e você encontrará a si mesmo".

Em anos recentes, várias escolas de psicologia têm desenvolvido essa posição que enfatiza a auto-percepção. As palavras soam promissoras a ouvidos cristãos, até que nos lembremos de que, segundo Jesus, o único caminho para a auto-descoberta é o da autonegação, e o único caminho para viver é morrer para a o nosso egoísmo.

Em dois epigramas semelhantes, Jesus usou linguagem comercial — a linguagem do lucro, do prejuízo e da troca. Ele fez duas perguntas retóricas, que permaneceram não-respondidas. Primeira: Que proveito há em se ganhar o mundo inteiro (toda a riqueza, o poder e a fama que ele oferece) e perder a si mesmo? Segunda: O que alguém ganharia em troca de si mesmo?

Ambas as perguntas enfatizam o valor infinito do eu em contraste com o valor do mundo. Por um lado, é impossível ganhar o mundo inteiro. Por outro, se fosse, isso não seria algo duradouro, e, conquanto durasse, não traria satisfação.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Sendo só uma voz....


Queridos, ha muita empolgação nos clubes evangélico, porém muito pouco da unção de Deus, muito movimento mais pouco avivamento pleno na palavra.
O Evangelho foi marcante na Europa, mais com a chegada do liberalismo teológico a fé esfriou, ao chegar nos estados unidos com um grande avivamento logo o distorceram para um grande impreendimento, o Evangelho chega no Brasil com paixão, fervor, amor, compromisso e renuncia, mais agora estão o transformando apenas em um evento onde a massa de manobra se ilude com apresentações de artistas, e muita enrolação.

Não podemos negar que o crescimento evangélico no Brasil seja um fenômeno, pois é verdadeiramente; Todavia sera que esse crescimento significa saúde, ou sera que chegaremos diante de Deus com toneladas de palha e feno?
O cristianismo pregado no Brasil passa a ser o do misticismo, dos amuletos mágicos e o da woolyood gospel; As pessoas querem uma fé que faça Deus funcionar, pois na pós-modernidade só é possível alguma relação se houver uma motivação utilitária, pois se a esmola é grande o cego desconfia.

Os que não querem dinheiro na maioria das vezes o fazem só para vender uma imagem de São Francisco para atrair as pessoas a Instituição, pois a grande loucura da religião não é dinheiro, e sim o poder, e em nome do poder se usa a piedade para se vender uma imagem de bonzinho e assim promover a alto imagem de bem feitor, quando no evangelho isso é hipocrisia, pois se deve dar com uma mão sem deixar a outra ver, para que eu não adoeça da minha própria bondade.

Em fim, eles gostam assim, pois a ingnorancia sempre foi a mãe do progresso religioso, quanto mais menos o povo conhece o evangelho melhor fica de se manobrar o povo, através do medo e outras técnicas dos gurus evangélicos, o que eles não dizem é que agora o sacerdócio é o universal, ou seja, que todo crente é sacerdote e pode entrar por si mesmo no Santo dos Santos, e que a unica vez que a bíblia fala de Pastor no singular é se referindo a Jesus Cristo, no mais Deus deu a igreja pastores sempre no plural.
Sei que ao defender a pregação estou gerando expectativas nos corações de homens e mulheres, e se eu mudar, não poderei diabolizar quem reclamar da ausência daquilo que um dia eu defendi.

Por isso esforço-me no pelo auxilio de Deus para não permitir que o meu amor por aquilo que Deus ama, não se torne maior do que o meu amor por Deus, pois vejo amigos que estão a amar mais a igreja que Deus ama, do que o Deus de quem a igreja é, nesse caso a igreja vira um deus, e a instituição o espirito da coisa toda. Lembro-me de João quando disse: Quem tem a esposa é o esposo e amigo da noiva só assiste.

João estava dizendo que a igreja não era dele, e que ele como líder não havia vindo para construir um império pessoal nem genealógico, e que importava que Jesus crescesse e que ele desaparecesse, ao perguntarem quem ele era e qual o seu nome. Ele disse: EU SOU UMA VOZ...

Um forte abraço nele que nos chama só pra ser uma voz....





Em fim as heresias são muitas

sábado, 13 de agosto de 2011

FAMÍLIA...


Queridos não é por acaso que o antigo testamento termina com uma palavra relacionada a família, Malaquias termina o seu livro falando de um tipo de conversão que esta escassa até mesmo no seio da cristandade, que é a conversão do coração do pai ao filho e a do coração do filho ao pai.

Malaquias diz que não havendo essa conversão, a terra seria ferida de maldição, percebam que a maldição sobre o mundo esta relacionada ao desequilíbrio familiar.
A dureza interior traz dureza e falta de harmonia no mundo em todos as camadas sociais, infelizmente a cristandade sempre buscou dar exemplos de espiritualidades, maias deixaram as experiências religiosas distantes da própria família.

Estude sobre as esposas dos grandes pregadores e você saberá que eram mulheres infelizes, isto por que o machismo e o moralismo doentio dominaram essa área tão bonita, que é a familia.
O resultado é que temos a proliferação da maldição do ódio, do rancor, da ira, da amargura e do desamor.

Família é o útero que forma o caráter da sociedade, por isso precisamos mais do que nunca trabalharmos e juntarmos nossas forças em converter o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos aos pais. A família precisa se converter na igreja, mas a igreja precisa se converter em família. Ai sim este sera o melhor ambiente do mundo, sendo um só povo, de um só livro, de um só Deus, de Uma só Fé, de um só Espirito, vivendo em comunidade não como cão junto, mas em conjunto.

Venham estar conosco hoje em messejana, no nosso culto da família, venha estar conosco trazendo sua familia.

Honorato Neto.


terça-feira, 9 de agosto de 2011

CRISTO E SUA DOUTRINA.



Queridos sempre percebi que o ensino de cristo é fascinante e cheio de paradoxos, pois para isso ele foi levantado, para elevação e ruína de muitos em israel, se de um lado ele é cheiro de vida, ele também é cheiro de morte, pedra de tropeço e pedra de segurança, traz um Evangelho que ao mesmo tempo que é uma boa noticia, também é uma péssima noticia para aquele que a rejeita.

Jesus era muito interessante, ele é chamado de príncipe da paz, mas ele mesmo disse que não veio trazer paz a terra, mas espada, ou seja, que seus princípios e valores de vida seriam tão elevados que geraria confusões ao longo da historia. As vezes acho até cômico ver o Senhor curar um mudo e dizer:" não conte nada pra ninguém., fico imaginando o ex-mudo pensando, eu nunca falei e agora que posso falar ele pede pra não falar pra ninguém!!! rsrsrsrsrssrsrs.

Ele quebrou paradigmas, ele conseguiu unir um desígnio da criação que estava apagado na Religião Judaica, que é o conceito do " O BEM E O SAGRADO" Que doutrina é essa?
Quando Deus estava criando o universo, pra tudo que ele criava ele dizia: É BOM, ISSO É DO BEM. mais quando foi no sétimo dia ele o tornou sagrado, Deus uniu aquilo que ele chamava de bem, de bom, ao sagrado; Infelizmente com o passar do tempo a religião aboliu o bem em nome do sagrado, e usava o sagrado para justificar as suas omissões homicidas.

O Senhor Jesus vem e religa o sagrado ao bem, ensinando que a vida é a grande missão de Deus na terra, e que ela vale mais do que as próprias tradições religiosas, e que a doutrina é o seu próprio jeito de ser e viver amando, perdoando; É por isso que João o chama de logos de verbo pré existente de Deus, ou seja em Jesus, nós temos a palavra, não a escritura, mais a palavra que precede a própria escritura, pois a Palavra é Espirito e vida.
é por isso que sempre digo: A Bíblia é o livro, o texto é a escritura sagrada, mas a palavra é uma pessoa, e seu nome é Jesus.

Sendo assim, Jesus quer nos alertar quanto ao perigo de discípulos que levam tão a sério o que foi dito, que na transformação das doutrinas eles se esquecem do existir, quando isso acontece, sem percebermos em nome da doutrina e das falas que o mestre falou, nós vamos nos esquecendo da vida de quem as falou. A vida do Mestre as vezes fala mais e melhor do que a sistematização doutrinaria das suas próprias palavras, Como bem dizia Soren Kierkegaard na frase: " Cristo é infinitamente mais importante do que sua doutrina"

Sendo assim eu sou um vencedor em constante crise, mas nunca um perdedor satisfeito com o já conquistado; há mais de Cristo pra se viver e aprender no caminhar, pois a Bíblia nos diz que até Jesus o perfeito precisou ser aperfeiçoado, e a Bíblia diz que ele foi aperfeiçoado por aquilo que sofreu, visto que era a dor humana o sintoma da qual DEUS ainda não tinha provado, a cerca disso falou um certo poeta:
Outros deuses eram forte.
Mas tu fraco tinhas que te tornar.
Outros a caminho do trono, cavalgaram.
Mas tu na via dolorosa tropeçastes.
Nossas dores, apenas DEUS pode entende-las, pois nenhum outro tem feridas a não ser tu Senhor.

Sendo assim, meu apego é com ele, com sua vida e presença radiante, meu coração esta nele, mais do que na sua própria igreja ou instituição. Ser um cristão genuíno é carregar a cruz durante a vida e depois deixar ser crucificado por outros, essa é a fé, pois sem riscos não ha fé, e quanto maior o risco maior fé.
Pois o oposto da fé, não é a duvida, é o medo.
A fé sorrir diante daquilo que para o medo é motivo de choro.

HONORATO NETO.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

PRA ONDE ESTÃO INDO?

Na antiga Republica Tcheca onde o comunismo de baixo da sigla do socialismo predominava, um garoto foi preso ao pichar o muro criticando o socialismo, um dos Generais o interrogava perguntando em quanto o batia dizendo: " por que você não respeita o socialismo?" ironicamente o rapaz perguntou: " o que é o socialismo?"
O que é triste é que nem mesmo o General sabia definir o que era socialismo; O resultado é que o socialismo ruiu.

Queridos é possível que uma instituição, uma repartição publica, um partido politico, uma empresa, e até uma igreja perca o foco e as motivações que a levou a crescer e se estabelecer.
É possível que lideres percam a visão que um dia os levaram para um ideal de mudança singular, é possível depois de se ter uma grande revelação, desviar logo em seguida.
Lembro-me de quando Pedro recebeu a revelação de que Jesus era o cristo, de como ele foi elogiado ao receber a revelação que é a Rocha da Igreja; Mas o que é chocante é que versículos depois ele foi repreendido pelo Senhor Jesus, pois o mesmo não estava mais cogitando das coisas de Deus e sim dos homens.

Acredito que esse é o grande desvio da geração atual, se vem a igreja para cogitar das coisas dos homens e não das de Deus, A incoerência é gritante em relação as defesas que antes se fazia em relação a palavra, e o tempo de que se devia pregar, mais o que importa agora é dar pão e circo ao povo, para que não se note a geração pobre e sem palavra que esta se levantando as custas de shows de institucionais.

Temos tanta empolgação mais tão pouco da Unção, tanto movimento, mais onde esta o avivamento, as massas continuam agitaveis por eventos, por que sem eles se perceberá o vazio e as cinzas daquilo que um dia ja foi fogo.

A como lembro do Pastor Timóteo Ramos, quando disse que quando a unção vai embora a gente precisa de celebridades pra manter o povo distraído, é uma verdade, pois foi isso que Fez Roboão quando roubaram os escudos de ouro, ele pegou uns de bronze que pareciam de ouro mais não eram.
Muitos chegarão com toneladas de madeira, palha e feno diante do Senhor, só pra as verem serem queimadas, pois esses se esqueceram que a obra que vale é a que foi forjada no ouro, prata e pedras preciosas, ou seja elementos que suportam o fogo.

Como são cabíveis as palavras do dr: Russel Sheed quando disse: " O evangelho chegou na Europa como um grande avivamento mais logo virou um movimento, O Espirito saiu e foi para America com um grande mover, logo virou um empreendimento, O Espirito veio para o Brasil, e agora estão o transformando em eventos.

Amados ignorar isso traria juízo sobre minha alma, por isso quanto a mim, me manterei no foco, como já bem dizia pedro, continuaremos na oração e no ministério da palavra.
Espero que acordem, mais que não sejam como cacimbão que pegam corda para tirar águas fabricadas pelo sensacionalismo dos Homens.

Que Deus levante alguns que tenham a coragem de voltar as origens do Evangelho e da palavra, que não se preocupem com a notoriedade nem com reputação, nem com seu próprio nome ou Historia, mais que se contentem em apenas lutar feliz por uma causa tão nobre.

Essa é minha esperança, e esperança é uma força que nos move a lutar não por que vá dar certo, mais por que vale a pena.


sexta-feira, 1 de julho de 2011

KIEEKEGAARD E O RISCO!!!

Arriscar é viver


Rir é arriscar-se a parecer louco.
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental.
Estender a mão é arriscar-se a se envolver.
Expor seus sentimentos é arriscar-se a expor o seu eu verdadeiro.
Expor suas idéias e sonhos em público é arriscar-se a perder.
Viver é arriscar-se a morrer.
Ter esperança é arriscar-se a sofrer decepção.
Tentar é arriscar-se a falhar.

Mas
é preciso correr riscos.
Porque o maior azar da vida é não arriscar nada...
Pessoas que não arriscam, que nada fazem,nada são.

Podem estar evitando o sofrimento e a tristeza.
Mas assim não podem aprender, sentir,crescer, mudar, amar, viver...
Acorrentadas às suas atitudes, são escravas, abrem mão da sua liberdade.
Só a pessoa que arrisca é livre...

"Arriscar-se é perder o pé por algum tempo.
Não se arriscar é perder a vida..."

Sören Kierkegaard (1813-1855)

sexta-feira, 24 de junho de 2011

BEBA DESSA AGUA!!!

ÁGUA DA ETERNA REALIDADE

A coisa maravilhosa da Água da Vida é que ela põe cada coisa do tamanho de cada coisa. Ela não é a Água da Magia. Ela não é alucinógena. Não é lisérgica. Ela é Água da Vida.

Portanto, quem a bebe continua tendo que ir ao poço de Jacó para pegar água (H2O) todos os dias. E tem que decidir se o “agora marido” é o marido ou não. No entanto, já não esperará do poço de Jacó nada mágico, nem esperará encontrar no peito de um homem, marido ou amante, o refúgio de Deus e a felicidade eterna.

Além disso, quem bebe da Água da Vida fica vendo montanhas apenas como montanhas, e vê a cidade de Jerusalém apenas como uma cidade.

Quem bebeu da Água da Vida já não ama mais pedras e nem se devota a elas. “Nem neste monte e nem em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar. Deus é espírito, e importa que Seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”.

Quem bebeu da Água da Vida sabe que é de Deus que procede a Fonte da Vida, e que as demais necessidades desta existência são apenas o que cada coisa é, e não há mais ilusão acerca do que elas podem nos dar, ou do que delas se deve esperar.

A Água da Vida é a Água da Verdade e da Realidade. E ela carrega em si mesma o que é. Daí quem dela beber ter em si fontes que saltam para a vida eterna. E vai ao poço de Jacó pegar água com contentamento, e ama sem medo e sem engano.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

GONDIM E A CENOURA...

É lamentável o que vejo acontecer com um dos grandes pregadores do Brasil; Sempre digo: começar é fácil, chegar ao fim é um desafio. Ainda bem que o Senhor Jesus nos avisando sobre o tempo do fim disse que seria necessário que isso acontecesse, e assim deveríamos consolar uns aos outros com essas palavras, pois se esperamos em Cristo só nessa vida, somos os mais infelizes de todos os homens.

O desenhista do "divino" Ricardo Gondim agora surta de vez infelizmente, deixando de beber das fontes bíblicas agora deixa se tomar da filosofia do anti-cristo dizendo que a vinda do Senhor é uma utopia, ou seja, uma mentirinha bíblica para mobilizar a igreja que segundo a ideologia do Gondim pode se dizer abandonada no altar, em fim é triste, triste, aonde um homem pode chegar.
Veja ai um conteúdo tirado do Genizah:

A utopia da volta de Cristo: Jesus não volta. Maranata nunca mais!

E baseado no relativismo de Jurgen Möltmann, completa a teologia do deus incompetente, indolente, não misericordioso: deus é 171.

O deus mentiroso envia ser filho para um plano de salvação pós morte. Jesus não reina. deus é apenas expectador privilegiado da história, contudo para manter seu povo alerta e otimista, faz com que seu filho proponha uma mentira encorajadora à humanidade: Eu vou voltar!

Uma mentira sustentada em falsas promessas nas escrituras, perpretada pela proclamação de Sua própria noiva, a igreja, agora nem tão noiva, mas uma namorada, um caso, quem sabe, uma peguete!

Claro! Afinal o noivo não tem compromisso. Ele não pretende voltar para buscar a sua noiva. Foi só uma mentira, um sambarilove que Gizuz deu para dar um pega na donzela!

Jesus não voltou! E nem vai voltar! O propósito da mentira é ser apenas uma cenoura para a humanidade, algo capaz de levar o cristão à frente.



Caberá a humanidade evoluir para uma utopia à toque de cenoura (no bom sentido) onde, quem sabe deus poderá ou não estar. E o hino passa a ser:

Se as águas do mar da vida quiserem te afogar
Não adianta clamar a deus, ele não sabe onde é o registro

Não temas segue adiante e não olhes para trás
Olha para a sua cenoura e vai


E estará deus no morder da cenoura?

deus não sabe, risos.

Afinal, o deus do teísmo sabe menos do futuro do que qualquer comentarista econômico da Globo ou a cigana da feira hippie da praça General Osório em Ipanema.

Que a cigana leia então o nosso destino!

E o que fazemos com a cenoura? Chama o Gondim... Para explicar o vídeo abaixo, bem entendido.



Leia Mais em: http://www.genizahvirtual.com/#ixzz1PRnM7it6
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alikegar...


quarta-feira, 15 de junho de 2011

O REINO É SIMPLES!


O REINO É SIMPLES.

Jesus disse que a revelação do pai acerca do reino seria dada aos pequeninos, aos simples, aos ensináveis na pureza, aos sem deuses na alma; aos que não se vergam ante a face da perseguição, que não temem a justiça injusta, pois preferem ser os marginais da vida, do que estar no centro do poder religioso (que é o da morte); ou daquilo que faz matar a alma daquele que a pratica.
Então ele diz que os sábios, aos entendidos, os escribas, os senhores do saber (tanto religioso como filosofico ou politico; ou de uma suprema inteligência); jJustamente por tais saberes não O conheceram, pois creram tanto no "saber que aprende", que se deixaram "prender no aprender"...deram tanta razões aos seus pensametos e lógicas que não se entregaram às asas do imponderável, então, concientes do que era justo, que adoeceram do bem; sem perceber que a jstiça é singular e não se deixa produzir em serie. Tão certo dos seus saberes esqueceram a Fonte do toda sabedoria, e perderam o simples sentido de ser, que é amar.
Assim, bem aventurado seja todo aquele que aprenda sem saber.
Que cresça sem parar, e pare sem ficar, que trabalhe no descançar...que descanse no seu trabalhar, que faça a paz em seu andar, que perdoe sem se vangloriar, que vença sem declarar...
Que se levante sem em ninguem pisar, que faça orações que só o Pai conheça...
que faça o bem, que fique escondido até mesmo de suas memorias "auto-meritorias"...
E que vejam Deus em cada "carinha" humana na terra, como em todos os seres vivos, e em toda criação.
Pois fazendo assim amigo, só resta lhes dizer: SEJAS BEM VINDO AO REINO DE DEUS!!!
pense nisso!!!
Honorato Neto

segunda-feira, 13 de junho de 2011

DESCANSO...

Queridos uma das virtudes da fé cristã mais distorcidas e mal entendidas no meio evangélico tem sido a fé, principalmente quando temos um povo sincretista misto supersticioso como o nosso.
Entendemos a fé como os magos entendem a magia, ou seja, entendemos fé como sendo uma força capaz de encabrestar a divindade ao nosso grito de ordem; Essa é a máxima da magia.

Entendemos a fé como sendo uma força capaz de torcer a vontade de Deus a nossa, fazendo assim Deus fazer por mim o que antes ele não estava disposto a fazer, para os evangélicos modernos ter fé é decretar, é gritar o que Deus vai fazer, eu mesmo ouvi hoje um pregador gritando dizendo:"vai,vai,vai,vai..... tem que fazer!!!!!"
Simplesmente essa gente pisa em terrenos que anjos temem pisar.

Entendemos a fé como sendo algo que justifica os meios, sendo assim não importa se você orou ao defunto João Paulo II, se foi com fé, é Deus quem faz o milagre não importando a sã doutrina; Nos esquecemos do que disso o grande teólogo João Calvino quando disse: " O TESTE DO MILAGRE É A DOUTRINA" !!! Mais hoje em dia pouco importa a doutrina o que importa é conseguir arrancar os milagres seja por quais meios e amuletos forem, nisso até o suor do paipostolo vale, pois como já vi amigos debaterem e dizerem se tiver fé até no nome do Papa, Deus cura.

Para outros, fé é elaborar pela força da razão uma especie de certeza, esses na maioria das vezes, precisam sempre ter fé na sua própria fé, e acabam como Raquel de Queirós dizendo, eu não consigo ter fé.
Apesar de tanta fé, essas "fédemais" não cheira bem, pois apesar de tanta confissão religiosa o profeta Isaías continua clamando: " Quem creu em nossa pregação"? Ele disse isso por que existe uma certa fé para os homens que não é para Deus, Pois fé para Deus é algo que vem do próprio Deus para o homem, EF 2:8. "por que pela graça sois salvos, por meio da fé, e isso não vem de vós, é dom de Deus".

Mais afinal o que é fé conforme o Evangelho?
Fé é crer que o caráter de Deus é confiável e que o que ele resolver fazer é o melhor.
Fé é crer que esta consumado e que não ha nada que eu possa fazer para Deus me amar mais, e que não ha nada que eu possa fazer para que Deus me ame menos.
Fé é crer que eu sou amado, e reconciliado com Deus por meio do senhor Jesus, e que nele eu já sou o que ainda eu vou ser.

Para a mistica Judaica fé é uma parte da Shállom de Deus que faz o homem descansar na sombra daquele que não descansa, nem se fatiga.
Fé é aquilo que não corre atras de milagres, mais o milagre sempre estar quando ela esta presente.
Fé é a força em nós que honra a Deus quando ha milagre, celebrando, e quando não ha milagre nos entrega ao milagre da confiança; Pois ter fé quando não ha milagres é um milagre maior do que ter fé para operar milagres, por isso quem tem fé, não vive reclamando do que não tem.
Quem tem fé sorri diante daquilo que para o medo é motivo de choro, por isso descanso.

Simplesmente Fé é ter descanso nos méritos de Cristo Jesus que na cruz faz do Pai, Justo e justificador daqueles que tem fé no Senhor, com essa fé eu posso ser eu mesmo certo de que meu pior "EU" já foi cravado no madeiro.

Sendo assim a gente não precisa ser para ninguém nada mais além do que Deus sabe que a
gente é...
Pois essa Fé eu não peguei, ela é quem me pegou........... HONORATO NETO.

terça-feira, 31 de maio de 2011

ELES NÃO SE AGUENTAM!!!

O Senhor Jesus disse que seu reino é simples,e que seria ensinado na pureza aos sem deuses na alma, aos capazes da emoção, que não se curvam ante a injustiça, mas vivem a cima da média apesar do anonimato.
Infelizmente em busca de romper novas fronteiras, e sermos admirados pelos acadêmicos do mundo intelectual, muitos estão cedendo a vaidade do conselho dos Gregos de os seguirmos, sendo assim vamos abrindo mão dos marcos antigos, e misturando-se vamos com a sabedoria do homem natural, que tenta desenhar o sagrado nos moldes humanísticos e mutáveis.

Vejo homens que começaram com uma paixão profética, e foram tomados de um desejo ortodoxo de defesa da fé, depois foram sendo esvaziados na lida e agora mais parecem filósofos do que mensageiros de Boas novas. Uma irmã me disse: " Fui para um pisicólogo e ele me mandou procurar um pastor, fui ao pastor e encontrei um pisicólogo."

Parece que nos esquecemos do nosso chamado, queremos ser intelectuais e não ministros de Deus, queremos ser conhecidos como portadores de novas definições de cristianismo, e não de uma nova demonstração de fé conforme o evangelho, é por essa razão que Deus pode ser para tais homens redesenhados com o tempo conforme eles bem o acharem conveniente a sua visão, por isso alguns condenam etapas de fé de suas próprias vidas, dizendo não crerem mais da mesma forma, estão virando humanistas cegos, deístas doentes, com uma teologia sentimentaloide e iresponsável, aponto de defender que nem toda relação Homossexual é promíscua; Em fim enlouqueceram, e gostam de suas loucuras pois elas o fazem bem visitados e respeitados, por aqueles que vivem de reflexões teóricas e não de resoluções praticas.

Por isso indico aos amigos, leiam Edwards, Richard Baxter, Jhon owem, Calvino e todos da teologia reformada e tenham assim o conhecimento lucido de fé conforme o evangelho...

paz

quarta-feira, 18 de maio de 2011

TEM QUE SER TODO!!!


" Portanto no dia de hoje, vos protesto que estou limpo do sangue de todos; por que nunca deixei de anunciar-vos todo o conselho de Deus" At 20:26-27.

Queridos por ocasião de se despedir dos irmãos Efésios que tinham vindo para mileto, Paulo não solicitou elogios, nem se preocupou com o quão agradável ele foi em suas mensagens; Paulo estava preocupado com a aprovação e reconhecimento celestial , pois ele tinha pregado a verdade, toda a verdade de Deus.

Percebam que paulo faz menção a respeito das doutrinas que havia pregado, dizendo ele que tinha sido todo Evangelho, ele não havia desenvolvido uma unica doutrina, e excluído as demais, ele se concentrou em todos os grandes assuntos referentes a fé em cristo. Ele não tentou engrandecer desproporcionadamente uma verdade e diminuir outra até o esquecimento, mas ele procurou combiná-las conjuntamente como as cores de um arco-íris, e formar assim um todo e harmônico conhecimento do Evangelho.

Digo isso preocupado, pois o que vejo hoje em dia são homens limitarem a grande obra da Graça de Deus a uma ou duas coisinhas, vejo uma pregação reducionista e sem nenhuma preocupação com o sangue dos ouvintes. cegamente reduziram a Boa nova do Evangelho em uma proposta de sucesso conforme os critérios de grandeza desse mundo; As vezes fico pensando se realmente as pessoas estão aceitando ao Senhor Jesus ou a uma proposta de sucesso feita em seu nome .
Pregam um "jesus" que não é JESUS, fazem promessas das quais ele nunca as fez, e reduzem a obra redentora de cristo a resolução de problemas. Em nenhum momento há se quer preocupação com o sangue dos ouvintes.

Se esqueceram das grandes doutrinas, dos grandes temas, se esqueceram da missão do Espírito Santo que é convencer o homem do Pecado da Justiça e do Juízo, alias evangélicos não sabem nada sobre: Expiação, Eleição, reconciliação, redenção, total depravação e nem muito menos o que é a graça de Deus, se não sabem da Graça, o que dizer sobre a questão da santa ira de Deus, do Inferno, isso é que não se prega mesmo, pois a cartilha das instituições religiosas estão bem resumidas para não assustar nem afastar os clientes religiosos.

Sem falar dos pregadores da verdade, que vociferam contra todo engano e corrupção e não sabem em que distração podem estar metidos; Esses pensam que cumprem todo conselho de Deus; Veja o que disse Espurgeon: " A idéia moderna de pregar A VERDADE em vez de Cristo é um perverso estratagema do diabo" O que ele queria dizer era; Preguem a cristo e não se preocupem com o que o povo quer, nem muito menos em consertar o mundo em nome da verdade como os templários, pois bem dizia Paulo. "os judeus pedem sinais, os gregos sabedoria, mais eu prego a Cristo crucificado"
O povo pressionava Paulo a dar provas da verdade e adaptar sua mensagem as expectativa dos ouvintes, mas ele simplesmente não se esquivou do foco, CRISTO.

Assim como há três pessoas na Deidade, nós em nosso ministério devemos cuidar para que as três recebam as honras que Lhes é devida. Por tanto pregadores, preguem todo conselho de Deus!
Acabem com mensagens de amigo no altar, e preguem a Cristo. Preguemos a doutrina, mais preguemos também o dever, pra isso digamos ao povo que a graça de Deus não é graxa... E que o Cristianismo não é só reflexão teórica, mais é também resolução pratica.

Honorato Neto